Coronavírus

Minas Gerais Cidade de MG perde 1.047 doses da CoronaVac após queda de energia

Cidade de MG perde 1.047 doses da CoronaVac após queda de energia

Segundo a Prefeitura de Presidente Olegário, o sistema de religamento do refrigerador via bateria não funcionou

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7, com Record TV Minas

Refrigerador não religou automaticamente

Refrigerador não religou automaticamente

Reprodução / Record TV Minas

Uma queda de energia na cidade de Presidente Olegário, a 429 km de Belo Horizonte, provocou a inutilização de 1.049 doses da CoronaVac.

O material estava em refrigeradores do setor Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, quando houve a falha no sistema energético, no último fim de semana.

Segundo a Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais), a suspensão no serviço foi tempória e provocada por um acidente na linha de distribuição da região.

Leia também: Igarapé (MG) perde 229 vacinas após falha em refrigerador

De acordo com a prefeitura, as vacinas estavam dentro de refrigeradores que contam com um sistema de religamento por bateria. No entanto, segundo a equipe da Saúde, o aparelho não funcionou e as ampolas se aqueceram acima do permitido pelo fabricante. O problema foi percebido na manhã desta segunda-feira (29), com a chegada de funcionários ao local.

As 1.046 doses seriam destinadas a idosos com idades entre 71 e 73 anos. A campanha de vacinação chegou a ser suspensa, mas foi retomada nesta terça-feira (30), com o recebimento de 410 unidades de vacinas.

Em nota, a Polícia Civil informou que abriu um procedimento para apurar o caso. A Secretaria de Saúde de Minas também informou que vai acompanhar o caso. "Cabe ao Ministério da Saúde a análise conclusiva se as doses foram perdidas ou não a partir da notificação da SES-MG, que irá realizar a reposição das doses conforme indicação técnica", informou o governo em nota.

Veja como anda a vacinação pelo Brasil:

Últimas