Novo Coronavírus

Minas Gerais Cidades da onda vermelha em MG vão poder abrir lojas para o Natal

Cidades da onda vermelha em MG vão poder abrir lojas para o Natal

Governo de Minas Gerais diz que medida é excepcional para as festas de fim de ano e que protocolos de segurança contra a covid-19 serão mais rígidos

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Lojas poderão abrir na onda vermelha durante Natal

Lojas poderão abrir na onda vermelha durante Natal

Reprodução/Flickr Portal PBH

As cidades mineiras que estão na onda vermelha do programa Minas Consciente, mais restritiva para conter a covid-19, vão poder abrir as lojas de roupas e calçados para as vendas de Natal.

A anuncio foi feito pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, durante coletiva nesta quarta-feira (16).

O representante do governo explicou que a decisão libera o funcionamento do comércio varejista e atacadista. Normalmente, a onda vermelha só libera os serviços essenciais, como supermercados, postos de combustíveis, clínicas de saúde e construção civil.

— Abrimos a exceção para as compras de Natal, mas colocamos no protocolo de segurança mais rigidez para o acesso às lojas para que não coloquem a vida das pessoas em risco.

O Governo não esclareceu, contudo, quando a nova norma entra em vigor e por quanto tempo deve durar. Durante a coletiva, Passalio destacou que as academias não estão incluídas no benefício.

Atualmente, seis das 14 macrorregiões de Saúde mineiras estão na onda vermelha do Minas Consciente, enquanto três se mantém na fase verde e cinco na amarela.

Veja a situação de cada região:

- Onda verde: Triângulo do Norte, Triângulo do Sul e Norte;
- Onda amarela: Noroeste, Centro, Oeste, Centro-Sul e Sul;
- Vermelha: Sudeste, Leste do Sul, Vale do Aço, Leste, Jequitinhonha e Nordeste.

Últimas