Cidades de MG adotam "drive thru" durante campanha de vacinação

Para evitar aglomeração, idosos poderão ser vacinados dentro de seus carros; a campanha de vacinação contra a influenza começa hoje (23)

Medidas foram adotadas para evitar contágio pelo novo coronavírus

Medidas foram adotadas para evitar contágio pelo novo coronavírus

Divulgação/Prefeitura de Pedro Leopoldo

Cidades do interior de Minas Gerais têm adotado medidas inovadoras para evitar a aglomeração de pessoas durante a campanha de vacinação contra a influenza, que começou nesta segunda-feira (23) em todo o território nacional.

Diante do aumento dos casos do Covid-19, o Ministério da Saúde recomendou que os municípios adotem uma série de estratégias para descentralizar os pontos de imunização.

Em Pedro Leopoldo, na região metropolitana de Belo Horizonte, a Secretaria Municipal de Saúde criou uma espécie de "drive thru" de vacinas. Assim, os idosos podem se deslocar de carro até o local e não precisam sequer descer dos veículos para receber a vacina.

A estratégia foi pensada para reduzir a aglomeração de pessoas e vai funcionar de 08h às 17h no Centro Municipal de Imunização da cidade. A prefeitura determinou, também, que todos os 13 ESF’s (Estratégia Saúde da Família) municipais ofereçam a vacina.

Leia mais: Rede de drogaria de BH vai vacinar idosos de graça contra gripe

Poços de Caldas

A medida também está vigente em Poços de Caldas, a 466 km da capital mineira. O "drive thru" de vacinação será realizado no Terminal Rodoviário da cidade a partir da terça, (24) até sábado (28), das 08h às 17h. Em nota, a prefeitura do município passou orientações importantes para quem comparecer aos pontos de vacinação.

— É importante ir com roupa que facilite a aplicação da vacina no braço e é recomendável que o idoso esteja acompanhado de apenas uma pessoa no carro, dentro desta orientação de evitar a aglomeração. Além disso, idosos com quadro de síndrome gripal, ou que estejam em quarentena indicada por médico não devem se vacinar neste momento.

Vacina

A 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza começou nesta segunda-feira (23) em todo o país.

Dividida em três fases, a campanha foi antecipada para auxiliar os profissionais da saúde a descartarem a influenza na triagem de casos para o novo COVID-19. Na primeira, que dura até o próximo dia 16, serão contemplados idosos a partir de 60 anos e profissionais da saúde.

A gripe é uma infecção causada por diferentes tipos de vírus, que afetam o sistema respiratório. Para se prevenir é fundamental a adoção de hábitos simples, como lavar as mãos frequentemente com água e sabão, evitar tocar a boca, nariz e olhos, limpar e desinfetar superfícies que podem estar contaminadas.

*estagiária do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli