Cidades do Sul de Minas proíbem turistas durante feriado em SP

Com o feriado prologado decretado pela capital paulista, cidades mineiras que fazem divisa com o estado criam barreiras para evitar contágio da covid-19

Em Ouro Fino (MG), barreiras vão impedir entrada na cidade durante feriado

Em Ouro Fino (MG), barreiras vão impedir entrada na cidade durante feriado

Divulgação/Prefeitura de Ouro Fino

A publicação de um decreto que antecipou feriados, em São Paulo, entre esta quarta-feira (20) e a próxima segunda (25), acendeu um alerta em prefeitos de cidades do Sul de Minas.

Eles temem que, com o feriado prolongado, aumente o fluxo de turistas nos municípios e, com eles, aumente, também, a disseminação do novo coronavírus. São Paulo é o Estado brasileiro com maior número de casos e mortes por covid-19 no país. São 66 mil registros confirmados e mais de 5.000 mortes, de acordo com o Ministério da Saúde. 

Ao todo, mais de dez prefeituras já anunciaram medidas para conter, ou até proibir, a entrada dos paulistanos. Em Ouro Fino, a 450 km de Belo Horizonte, serão instaladas barreiras nos acessos do município. Em nota, o prefeito Maurício Lemes de Carvalho (MDB) disse que “agora não é o momento de visitantes ou turistas em Ouro Fino e nem em  um outro lugar".

O município governado pelo emedebista registra cinco casos, com um óbito por covid-19 até o momento. 

Leia mais: Dez barreiras sanitárias começam a controlar entradas de BH

Andradas

Em Andradas, a 497 km de BH, a prefeitura solicitou aos moradores que possuem amigos ou familiares em São Paulo que evitem estimular visitas ao município. Nas redes sociais, a administração municipal afirmou que "a solicitação é para proteger a cidade e evitar que se exponha ao contágio da covid-19". A cidade de Andradas só confirmou um caso da doença até o momento. 

Campo Belo

Em Campo Belo, município que fica a 221 km de BH, o prefeito Alisson de Assis Carvalho (PSB) publicou um vídeo anunciando a suspensão da entrada de carros com placas que não sejam locais. "Infelizmente, hoje, São Paulo é o epicentro da doença do Brasil. A preocupação nossa é proteger os morados da cidade, já que estamos com um número muito bom de pessoas confirmadas".

O município mineiro só tem quatro pacientes diagnosticados com a covid-19 até o momento. 

Boa Esperança

Outra cidade do Sul de Minas que proibiu a entrada de veículos com placas de São Paulo foi Boa Esperança, a 294 km da capital mineira. De acordo com a prefeitura, os moradores que tiverem carros com placa de São Paulo poderão entrar na cidade mediante comprovação de residência. Ônibus vindos do estado vizinho também estão com acesso proibido. Em Boa Esperança, já foram registrados dois óbitos e 17 casos.  

Extrema

O mesmo protocolo será adotado em Extrema, a 497 km de BH. O motorista de carro com placa de São Paulo deve ter, em mãos, o comprovante de residência para entrar na cidade. O município já registrou três mortes e 62 casos confirmados de covid-19 até o momento. 

Feriado em São Paulo

O feriado prolongado foi a maneira encontrada pelo prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), para reforçar o isolamento social na maior cidade do país. A ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes com covid-19 chega a 90% na maior cidade do país. 

O Estado de São Paulo possui, até o momento, 66.049 casos confirmados e 5.147 mortes causadas pelo coronavírus; frente a 5.286 casos e 177 óbitos em Minas Gerais.

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli