Minas Gerais Com adultos vacinados, Nova Lima (MG) foca em reforço e cuidados

Com adultos vacinados, Nova Lima (MG) foca em reforço e cuidados

Cidade da Grande BH já iniciou aplicação da terceira dose nos idosos e cria estratégias para estimular procura pela segunda

Salas de vacinação equipadas viabilizaram atendimentos na cidade

Salas de vacinação equipadas viabilizaram atendimentos na cidade

Divulgação / Prefeitura de Nova Lima (MG)

Com a primeira dose da vacina contra a covid-19 aplicada em todos os moradores com mais de 18 anos, a cidade de Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, monta uma série de estratégias para estimular a busca pelo reforço vacinal e a continuidade dos cuidados contra a doença.

De acordo com a prefeitura, uma das soluções foi a montagem de 21 drive-thrus, com o objetivo de imunizar nestes dias o maior número de pessoas e evitar aglomerações nas unidades.

A Secretaria Municipal de Saúde também realiza, com frequência, "repescagens" nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) e na Policlínica para atender os moradores que fazem parte dos grupos já convocados, mas que ainda não receberam o medicamento.

Guenael Freire, infectologista do corpo médico da Prefeitura de Nova Lima, avalia que a estrutura dos centros de saúde da cidade viabilizou a execução do plano montado pelo município.

— Aqui temos salas de vacinação na maioria das unidades, com um setor de imunização robusto, equipe completa e equipada. Isso traz um impacto positivo com uma taxa muito pequena de perda de doses, por exemplo. Cada gota de imunizante importa.

Vacinação na cidade

Médico alerta para necessidade de uso de máscaras

Médico alerta para necessidade de uso de máscaras

Divulgação / Prefeitura de Nova Lima (MG)

Ao todo, a Secretaria de Saúde de Nova Lima aplicou 116.650 injeções contra a covid-19 desde o início da campanha. Dados da prefeitura apontam que 78.300 pessoas receberam a primeira dose, o que equivale a 105% do público adulto estimado. Freire explica que o percentual foi além do previsto inicialmente, já que alguns moradores de municípios vizinhos também foram atendidos lá.

As demais 38.350 pessoas receberam a segunda dose ou o medicamento de aplicação única, o que representa 51% da população adulta da cidade que tem aproximadamente 97 mil moradores.

A prefeitura ressalta que, apesar do avanço na vacinação e da queda no número de leitos ocupados, os cuidados básicos para se evitar a contaminação devem continuar, já que o vírus continua em circulação.

O infectologista Guenael Freire lembra do uso da máscara, da higienização das mãos e o distanciamento social pregados desde o início da pandemia.

— Hoje em dia, temos mais vacinados do que casos recuperados. Estamos bem confiantes de que a vacina é o nosso passaporte para o velho normal. Vale destacar que quem tiver sintomas gripal pode ser testado gratuitamente nas unidades básicas de Nova Lima.

As dúvidas sobre o processo de vacinação em Nova Lima podem ser esclarecidas no portal da prefeitura, pelo site www.novalima.mg.gov.br.

Últimas