Minas Gerais Congresso leva a BH tendências sobre geração distribuída de energia elétrica

Congresso leva a BH tendências sobre geração distribuída de energia elétrica

Evento acontece em meio a título de maior produtor de energia solar para o estado de Minas Gerais; veja como participar

  • Minas Gerais | Ana Luisa Sales*, Do R7

Congresso irá acontecer no Expominas, em Belo Horizonte

Congresso irá acontecer no Expominas, em Belo Horizonte

Reprodução/ CBGD

Belo Horizonte vai receber, entre os dias 9 e 10 de novembro, o 7° Congresso Brasileiro de Geração Distribuída. O evento vai promover discussões e tendências do mercado que representa os pequenos pontos produtores de energia, como as placas solares presentes em casas e comércios. Essa modalidade é diferente da geração centralizada, que é concentrada em grandes usinas.

O congresso é realizado em um momento especial para Minas Gerais, já que o Estado alcançou o título de maior produtor de energia solar do país. Mariana Gabriela de Oliveira, diretora de energia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SDE), conta que todos os municípios mineiros possuem pelo menos um dispositivo produtor de energia solar.

"Projetos como o "Sol de Minas" visam simplificar a instalação de placas solares, desburocratizar o acesso da população, e fortalecer políticas para geração de emprego e renda na produção de energia solar", avalia sobre as políticas de incentivo.

Mariana diz que a localização geográfica do estado e o fato do clima não ser muito quente também são fatores que impulsionam a produção de energia solar. Segundo ela, as altas temperaturas prejudicam o rendimento das placas de geração.

A expectativa do governo que é a produção de energia solar cresça ainda mais no estado, já que houve a prorrogação da isenção do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para os sistemas solares até o ano de 2032, além de um investimento de R$ 22,5 bilhões feito pela Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais).

Além da energia solar, Minas Gerais produz outros tipos de energias limpas ou renováveis, como hídrica e de biomassa. Apenas 5% da matriz energética do estado vem de combustíveis fósseis - que são poluentes.

O Congresso Brasileiro de Geração Distribuída irá discutir os desafios e vantagens para a produção de energia distribuída no Brasil, seja ela solar ou de outras modalidades. O evento contará com especialistas que atuam direta ou indiretamente no setor.

Serviço:

Data: 09 e 10 de Novembro de 2022.

Local: Expominas BH (Av. Amazonas, 6200 - Gameleira, Belo Horizonte - MG)

Inscrições: www.cbgd.com.br/site/inscricao

Valores: 2° Lote Presencial: R$ 490,00
2° Lote Online: R$ 245,00
3° Lote Estudante: R$ 99,00

* Estagiária sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas