Minas Gerais Contagem (MG) muda vacinação de crianças para evitar desperdício 

Contagem (MG) muda vacinação de crianças para evitar desperdício 

Após pais denunciarem que não conseguiram imunizar seus filhos, a prefeitura anunciou uma nova forma de administrar a aplicação

  • Minas Gerais | Luiz Casoni, Da Record TV Minas

Contagem tem 86% das crianças vacinadas

Contagem tem 86% das crianças vacinadas

Janine Morais/Prefeitura de Contagem

A Prefeitura de Contagem, município da região metropolitana de Belo Horizonte, mudou a forma de administrar a vacinação em crianças. A medida foi tomada após a Record TV Minas divulgar a denúncia de pais que não conseguiram imunizar seus filhos contra a Covid-19 na cidade.

Antes, a aplicação só acontecia quando havia no local de vacinação o número de crianças correspondente ao total de doses de cada frasco, que são nove. Segundo a prefeita do município, Marília Campos (PT), a metodologia é uma orientação do Ministério da Saúde.

“Isso foi muito residual, mas foi importante que vocês registrassem a denúncia para que a gente pudesse corrigir. O nosso intuito é viabilizar o processo de vacinação para que tenhamos a cobertura total", afirmou.

Agora, as vacinas, que antes poderiam sobrar e seriam jogadas fora, vão ser encaminhadas para o ponto de aplicação noturna, que funciona em um shopping da cidade.

Ainda segundo Marília, Contagem tem 86% das crianças de 5 a 11 vacinadas com a primeira dose contra a Covid, alcançando o maior indicador da região metropolitana de Belo Horizonte.

Últimas