Minas Gerais Corpo de modelo que morreu no SPFW é velado em Minas

Corpo de modelo que morreu no SPFW é velado em Minas

Tales Cotta, de 25 anos, teve um mal súbito durante o desfile, foi socorrido e morreu no caminho para o hospital; morte é investigada pela polícia

Tales teve "mal súbito" durante desfile

Tales teve "mal súbito" durante desfile

Reprodução/Instagram

O corpo do modelo Tales Cotta, de 25 anos, é velado na manhã desta segunda-feira (29), na capela-velório do Hospital César Leite, na cidade de Manhuaçu (a 310 km de Belo Horizonte), onde o jovem nasceu. O enterro está marcado para as 17h.

Tales morreu neste sábado (27) após um mal súbito durante o desfile da marca Ocksa, na SPFW (São Paulo Fashion Week). Ele desmaiou na passarela e logo em seguida foi atendido pela equipe socorrista do evento, e levado para o Pronto Socorro da Lapa, zona Oeste da capital, mas não resistiu. 

A organização oficial do SPFW emitiu um comunicado oficial lamentado a morte do modelo. "Lamentamos esta fatalidade, e prestamos nossas sinceras condolências à família de Tales". A polícia investiga o caso.

Entenda o que levou à morte do modelo Tales Soares na passarela

A mãe do modelo, Heloísa Gomes, afirmou que o filho não sofria de epilepsia e levava uma vida saudável. Ele era graduado em Educação Física. 

Em uma postagem em uma rede social, ela disse que, ao contrário de informações dadas por colegas do filho, o jovem não estava sem se alimentar antes de entrar na passarela.

— Eu como mãe sempre me preocupei com a saúde dele e ele também. Poucos minutos antes do desfile o perguntei se havia alimentado e ele me respondeu que tinha comido bastante. Que tinha de tudo no backstage.

A mãe do jovem modelo também afirmou que Tales era saudável e se cuidava periodicamente.

— Informo também que ele não sofria de epilepsia, e que epilepsia não mata. Sempre teve muita saúde e sempre se cuidava com exames periódicos, portanto as fatalidades acontecem e era a hora dele.