Coronavírus

Minas Gerais CPI da covid em BH quer dados de investigações contra prefeitura

CPI da covid em BH quer dados de investigações contra prefeitura

Requerimento enviado à PF, MPF, MPMG e Polícia Civil busca saber se órgãos têm inquéritos relacionados à pandemia

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento e Célio Ribeiro*, do R7

Requerimento foi enviado à quatro órgãos

Requerimento foi enviado à quatro órgãos

Divulgação / Cláudio Rabelo / CMBH

Os vereadores membros da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga os gastos da Prefeitura de Belo Horizonte no combate à pandemia de covid-19 querem que órgãos públicos compartilhem dados sobre possíveis investigações de delitos cometidos pelo Executivo.

Os quatro pedidos, feitos pelo vereador Irlan Melo (PSD), são destinados à Polícia Civil de Minas Gerais, Polícia Federal, Ministério Público de Minas Gerais e Ministério Público Federal. O objetivo é descobrir se já existem inquéritos ou ações penais em relação à atuação da prefeitura no combate à covid-19.

Veja: CPI da covid-19 pede informações à Prefeitura de BH e ao Senado

Segundo o vereador, essas informações são decisivas para que a comissão cumpra seu objetivo de “fiscalizar a regularidade das contratações e gastos realizados pela Prefeitura durante o período de calamidade pública”. Todos os quatro pedidos foram aprovados por unanimidade. 

A CPI também aprovou requerimentos para que o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado, repasse informações sobre as licitações para compra de kit intubação, no valor de R$ 1,1 milhão, e contratos com uma empresa que presta serviços para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), em valor superior a R$ 60 milhões.

Os vereadores também pedem para que a Secretaria Municipal de Saúde informe como a cidade pretende usar as quase 400 mil vacinas contra a covid-19 que estão em estoque e o porquê elas ainda não foram aplicadas. Por fim, os vereadores pedem que a prefeitura repasse informações sobre os valores referentes à merenda escolar que foram economizados durante o período da pandemia.

Em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informou que todos os gastos e dados sobre o enfrentamento à covid-19 na capital mineira estão disponíveis para consulta pública no site do Executivo.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas