Minas Gerais Defesa Civil de BH alerta para risco de deslizamento de terras

Defesa Civil de BH alerta para risco de deslizamento de terras

Com chuvas dos últimos dias, o alerta vale para as regiões Oeste e Barreiro; confira as recomendações da Defesa Civil de BH

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Alerta de risco geológico vale para regiões Oeste e Barreiro

Alerta de risco geológico vale para regiões Oeste e Barreiro

Mauro Jackson / Defesa Civil

As chuvas dos últimos dias em Belo Horizonte e a previsão de mais temporais para os próximos dias levaram a Defesa Civil da capital mineira a emitir um alerta de risco geológico moderado nas regiões Barreiro e Oeste. 

O risco geológico existe quando o solo está encharcado e pode levar a um acidente, como deslizamento de encostas ou de terras. De acordo com a Defesa Civil, moradores devem ficar atentos ao grau de saturação do solo e sinais nas próprias casas, como o surgimento de trincas. 

O alerta de chuvas, de 20mm a 30mm, raios e rajadas de vento de até 50km/h vale até esta quinta-feira.

Confira as recomendações para o período chuvoso: 

- Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva.

- Não atravesse ruas alagadas ou deixe crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos.

- Não procure abrigo ou estacione o veículo debaixo de árvores.

- Mantenha atenção especial em áreas de encostas e morros.

- Nunca se aproxime de cabos elétricos rompidos. Nesses casos, ligue imediatamente para a Cemig (116) ou Defesa Civil (199).

- Avise a Defesa Civil caso apareçam fendas e depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d'água.

- Em caso de raios, não permaneça em áreas abertas e altas e não utilize equipamentos elétricos.

Confira o acumulado de chuvas (por região):

Barreiro - 259,8 (72,4%)
Centro Sul - 216,8 (60,4%)
Leste - 200,8 (55,9%)
Nordeste - 188,0 (52,4%)
Noroeste - 218,4 (60,9%)
Norte - 139,8 (39,0%)
Oeste - 275,6 (76,8%)
Pampulha - 145,4 (40,5%)
Venda Nova - 213,6 (59,5%)

Últimas