Minas Gerais Detran planeja força-tarefa para regularizar blocos de Carnaval

Detran planeja força-tarefa para regularizar blocos de Carnaval

Carros de som foram apreendidos e multados por irregularidades de trânsito; organizadores de blocos temem que desfiles sejam prejudicados

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Organização teme que blocos sejam prejudicados

Organização teme que blocos sejam prejudicados

Ana Gomes / R7

O Detran (Departamento de Trânsito de Minas Gerais) anunciou, nesta terça-feira (18), que vai realizar, caso necessário, uma força-tarefa para regularizar os carros de som dos blocos de Carnaval de Belo Horizonte que foram apreendidos neste fim de semana.

Em três desfiles de pré-Carnaval, os organizadores foram multados ou tiveram os carros de som apreendidos pela PM (Polícia Militar). Os episódios aconteceram com os blocos "Abra-te sésamo", "Asa de Banana" e "Me Beija que eu Sou Pagodeiro".

A PM alegou que os caminhões usados como carro de som pelos blocos de rua no têm que ter no documento e autorização para atuarem como trios elétricos, o que não havia nos casos citados. A corporação alegou, ainda, transporte de passageiro em compartimento de cargas.

Após o episódio, tradicionais blocos da cidade se uniram e publicaram uma carta repudiando a decisão da polícia. Os grupos alegam que os carros apreendidos são os mais adequados para a festa.

"Além de serem menores do que os trios elétricos, o formato é mais adequado. Os trios elétricos tradicionais, como os utilizados em Salvador, jogam o som para os lados, para atender aos camarotes. Porém, o carnaval de rua de Belo Horizonte não tem camarotes e o público anda na frente e atrás, por isso, esses veículos que a maioria dos blocos o utilizam", destacou a carta.

Procurado, o Detran informou que vai realizar uma nova reunião com representantes da prefeitura para definir o que precisa ser feito em relação aos blocos.

Últimas