Dez barreiras sanitárias começam a controlar entradas de BH

Equipes avaliam todas as pessoas que tentam ter acesso à cidade; quem apresentar sintomas de covid-19 será encaminhado a hospitais

Barreiras sanitárias vão medir temperatura

Barreiras sanitárias vão medir temperatura

Divulgação / BHTrans

Dez barreiras sanitárias começaram a controlar o acesso à cidade de Belo Horizonte, na manhã desta segunda-feira (18).

A medida anunciada pelo prefeito Alexandre Kalil tem como objetivo evitar a propagação do novo coronavírus na capital mineira.

Segundo decreto divulgado pela prefeitura na última semana, os veículos que tentarem entrar na cidade serão parados para que os passageiros passem por uma avaliação. Os fiscais vão medir a temperatura da população e, caso sejam constatados sintomas de covid-19, a pessoa vai ser encaminhada a um hospital.

Além dos 10 postos de monitoramento inslatados nesta segunda-feira, a prefeitura pode inslatar outros oito na cidade. A reportagem procurou a Secretaria de Saúde para saber o motivo de não ter colocado em uso todas as barreiras previstas, mas ainda aguarda retorno.

Veja os endereços das barreiras já instaladas:

 1) Avenida Amazonas, próximo ao Viaduto do Anel Rodoviário
 2) Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, próximo à Rua Conde Pereira Carneiro
 3) Avenida Civilização, próximo à Rua dos Menezes
 4) Avenida Dom Pedro I, próximo à Rua Bernardo Ferreira da Cruz
 5) Avenida Cristiano Machado, próximo à Rua das Gabirobas
 6) Avenida José Cândido da Silveira, no trecho entre a MG-05 e Rua José Moreira Barbosa
 7) Rua Jornalista Djalma Andrade, próximo à Avenida Dr Marco Paulo Simon Jardim
 8) Avenida Raja Gabaglia, próximo à Rua Parentis
 9) Avenida Nossa Senhora do Carmo, no trecho Belvedere
 10) Rua Haiti, no trecho entre a Avenida Presidente Eurico Dutra e Rua Patagônia