Novo Coronavírus

Minas Gerais Dez das 14 regiões de MG estão na fase mais restrita de isolamento

Dez das 14 regiões de MG estão na fase mais restrita de isolamento

Duas estão no nível de alerta médio e as outras duas podem liberar serviços não essenciais; veja como está a situação em cada área

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Mais da metade de MG está em estado de alerta

Mais da metade de MG está em estado de alerta

Divulgação / Governo de Minas

Dez das 14 macrorregiões de Minas Gerais estarão na fase mais restrita de isolamento para conter a covid-19, a partir deste sábado (9).

Atualmente são nove áreas na chamada onda vermelha. Contudo, na data, a região Sul passará a fazer parte da lista.

Nestes casos, as prefeituras só podem liberar o funcionamento de comércios e serviços essenciais, como supermercados, farmárcias, postos de combustíveis e centros de saúde.

Segundo o Governo de Minas, o avanço da pandemia no Estado impediu que outras regiões deixassem a fase de restrição máxima. A SES (Secretaria de Estado de Saúde) registrou crescimento de 9% na taxa de incidência da doença nos últimos sete dias.

Leia também: 'Não tenho alternativa', diz Kalil ao fechar o comércio em BH

A única região que conseguiu ter uma melhora, saindo da onda amarela para a verde foi a Noroeste. Nesta fase praticamente todos os serviços, incluindo os não essenciais, podem ser liberados. A fase amarela já libera atividades em academias, autoescolas e algumas lojas.

Durante a reunião que definiu as novas medidas, o comitê estadual de combate à pandemia ainda suspendeu a autorização de funciomento do comércio nas cidades da onda vermelha, liberada exclusivamente durante as festas de fim de ano.

"No entanto, qualquer atividade que possa ser realizada de forma remota, como ensino a distância, compras para retirada ou em formato delivery, sem fluxo e contato entre clientes, alunos e usuários, não está sendo alvo de qualquer restrição e não compõe qualquer uma das ondas, estando aptas para o consumo da população", destacou o governo em nota.

Veja abaixo como está a situação em cada uma das macrorregiões:

    • Onda Vermelha:

Nordeste, Jequitinhonha, Centro, Oeste, Sul, Centro-Sul, Sudeste, Leste do Sul, Vale do Aço e Leste;

    • Onda Amarela:

Norte e Triângulo Norte;

    • Onda Verde:

Triângulo do Sul e Noroeste.

Últimas