Minas Gerais "Ele não sofria de epilepsia", diz mãe de modelo morto durante desfile

"Ele não sofria de epilepsia", diz mãe de modelo morto durante desfile

Heloísa Cotta, em postagem numa rede social, informou que conversou com o filho pouco antes da tragédia e ele afirmou que havia se alimentado bem

Tales Cotta será enterrado nesta segunda-feira (29)

Tales Cotta será enterrado nesta segunda-feira (29)

Reprodução/Rede Sociais

A mãe do modelo Tales Cotta, morto durante um desfile do SPFW, neste sábado (28), afirmou que o filho não sofria de epilepsia e levava uma vida saudável. Heloisa Cotta informou que o corpo do jovem, de 26 anos, deverá chegar a Manhuaçu, a 284 km de Belo Horizonte, nesta segunda-feira (29), onde será enterrado às 17h. 

Tales teve um mal súbito quando estava dando a volta de retorno na passarela durante a apresentação da marca Ocksa, no fim da tarde. Segundos após cair, uma equipe de socorristas retirou o modelo em uma maca e o encaminhou a um pronto-socorro. Ele não resistiu e morreu na unidade. 

Heloísa afirmou, em uma postagem numa rede social, que ao contrário de informações dadas por colegas do filho, o jovem não estava sem se alimentar antes de entrar na passarela. 

— Eu como mãe sempre me preocupei com a saúde dele e ele também. Poucos minutos antes do desfile o perguntei se havia alimentado e ele me respondeu que tinha comido bastante. Que tinha de tudo no backstage. 

A mãe do jovem modelo também afirmou que Tales era saudável e se cuidava periodicamente.

— Informo também que ele não sofria de epilepsia, e que epilepsia não mata. Sempre teve muita saúde e sempre se cuidava com exames periódicos, portanto as fatalidades acontecem e era a hora dele.