Minas Gerais Engenheiro é preso suspeito de estuprar filha da ex-empregada

Engenheiro é preso suspeito de estuprar filha da ex-empregada

Idoso de 71 anos foi encontrado no prédio de luxo onde mora em BH; em uma semana, polícia prendeu 7 suspeitos de abusos

Polícia fez ações em diferentes regiões

Polícia fez ações em diferentes regiões

Divulgação / PCMG

O engenheiro de 71 anos foi preso em Belo Horizonte, na manhã desta sexta-feira (13) suspeito de estuprar a filha de sua ex-empregada doméstica. Os abusos teriam começado quando a garota tinha 7 anos. Hoje a suposta vítima tem 12 anos.

Segundo a delegada Renata Miranda,  a investigação aponta que os abusos ocorriam quando a criança acompanhava a mãe no trabalho. A polícia também foi informada sobre outra adolescente, de 13 anos, que denunciou ter sido assediada pelo suspeito.

Ana Beatriz Gomes, advogada do investigado que mora em um prédio de luxo no bairro Serra, na região Centro-Sul de BH, afirma que o cliente é inocente. A defesa afirma que não sabe o motivo da suposta vítima ter apontado o engenheiro como possível autor dos abusos e que vai entrar com pedido de soltura.

— A mãe desta menina trabalhou na casa dele entre 2015 e 2018. Não houve abusos na época e nem posterior. Por orientação da defesa, eles já não tinham contato nenhum mais.

Ainda de acordo com a delegada Renata Miranda, o investigado já foi preso por outros crimes contra a dignidade sexual. Conforme apurado pela reportagem, ele ficou detido entre 2005 e 2010. Sobre o caso antigo, a advogada Ana Beatriz também alega que o cliente é inocente e que foi vítima de uma defesa mal feita.

Sete prisões

A prisão do engenheiro foi uma das sete realizadas pela Polícia Civil em uma série de ações contra crimes sexuais na região metropolitana de Belo Horizonte desde a última semana.

Em uma das operações, realizada nesta quinta-feira (12), um homem foi preso suspeito de se relacionar com uma adolescente de 15 anos em uma casa de prostituição na região Central de Belo Horizonte. Os gerentes do estabelecimento são investigados.

De acordo com a Polícia Civil, a jovem está grávida e havia um registro de desaparecimento registrado em nome dela. Ela teria fugido de casa, na região Centro-Oeste, após se desentender com a família.

Em outro caso, também registrado nesta quinta-feira, os agentes prenderam um homem de 32 anos suspeito de abusar da enteada desde que ela tinha sete anos de idade. Hoje a adolescente tem 12 anos. Mãe e a suposta vítima procuraram a delegacia com medo de serem atacadas pelo investigado.

Últimas