Minas Gerais Falsa médica é suspeita de golpe de R$ 2.400 em salão de beleza em BH

Falsa médica é suspeita de golpe de R$ 2.400 em salão de beleza em BH

Estelionatária já teria praticado 40 crimes em Minas Gerais e em outros estados; mulher era investigada desde 2015 por estelionato

  • Minas Gerais | Virgínia Nalon, da Record TV Minas

Uma mulher de 50 anos foi presa em flagrante suspeita de aplicar um golpe em um salão de beleza na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Ela teria se passado por médica e feito vários procedimentos estéticos no cabelo, masao pagar a conta de R$ 2.400, a suspeita teria fingido uma transferência e fugido.

Jordália teria praticado mais de 40 crimes

Jordália teria praticado mais de 40 crimes

Reprodução / Record TV Minas

Além dos tratamentos no cabelo, Jordália Cristina Amaral Hoffmann, de 50 anos, ainda levou alguns produtos e um secador de cabelo. Ela teria ficado cerca de sete horas no local. A suspeita foi presa em casa e confessou o crime para a polícia.

Jordália era investigada pela polícia desde 2015 por crimes de estelionato e já teria praticado mais de 40 crimes em Minas Gerais e em outros estados, conforme apontam as investigações. Segundo a dona do estabelecimento, a mulher já teria dado um golpe no mesmo salão há 6 anos.

A suspeita foi presa em casa e estaria usando tornozeleira eletrônica. Os produtos de cabelo e o secador foram recuperados pela polícia. Segundo a corporação, ela confessou o crime. A reportagem tenta contato com a defesa da detida.

Últimas