Minas Gerais Falso médico é preso por venda de anabolizantes em BH

Falso médico é preso por venda de anabolizantes em BH

Suspeito fingia ser espanhol e estaria envolvido em um esquema de venda ilegal de anabolizantes em a academias da capital

  • Minas Gerais | Luiz Casoni, da RecordTV Minas

Suspeito dizia ser médico e fingia sotaque espanhol

Suspeito dizia ser médico e fingia sotaque espanhol

Um homem de 43 anos que se passava por médico foi preso suspeito de vender anabolizantes em Belo Horizonte, nesta quarta-feira (11).

Na casa dele, a Polícia apreendeu medicamentos, seringas, agulhas e cadernos com anotações, além de celulares, tablet, notebook e R$ 16 mil em dinheiro. Também foram apreendidos medicamentos fabricados na Suíça e no Paraguai, todos proibidos no Brasil.

De acordo com as investigações, o suspeito estaria envolvido em um esquema de venda ilegal de anabolizantes em a academias da capital. Para a maior parte de seus clientes, ele se apresentava como endocrinologista, dizia que era formado em medicina na Espanha e cobrava mais barato pelo atendimento fora do consultório.

O sotaque espanhol não passava de uma farsa, já que o homem é nascido em Minas Gerais.
Para a polícia, ele alegou que passava por um processo de revalidação do diploma. "Tudo isso a gente foi verificar e era mentira. Ele não é espanhol, não é medico, não é educador físico, não é nutricionista e não é fisioterapeutra. Ele sequer tem um curso superior", conta o delegado Rafael Faria.

O suspeito foi preso em flagrante pelo crime de falsificação de medicamentos. A prática de outros crimes e a participação da esposa dele no esquema serão investigadas.

"As investigações vão prosseguir também em relação a esposa dele, que estava no local, para verificar se ela tem ou não algum envolvimento e verificar posíveis outros crimes como exercício ilegal da medicina e estelionato", completa o delegado. A reportagem tenta contato com a defesa do preso.

Últimas