Minas Gerais Família enterra jovem de 19 anos morto em assalto a supermercado 

Família enterra jovem de 19 anos morto em assalto a supermercado 

Erivelton Gomes era caixa no estabelecimento e foi morto com um tiro nas costas, na última terça-feira (22), no Barreiro em BH

  • Minas Gerais | Shirley Barroso, da Record TV Minas

Adolescente de 19 anos foi morto enquanto trabalhava no caixa

Adolescente de 19 anos foi morto enquanto trabalhava no caixa

Reprodução/ Record TV Minas

O corpo do jovem Erivelton Lima Gomes, de 19 anos, morto durante um assalto a um supermercado no Barreiro, em Belo Horizonte, foi enterrado nesta quinta-feira (24), em um cemitério de Santa Luzia, na região metropolitana da capital mineira.

Poucas pessoas estiveram presentes durante o sepultamento, que aconteceu debaixo de uma chuva fina. O adolescente morava com a mãe e a irmã. Segundo colegas, estava feliz com o primeiro emprego de carteira assinada iniciado a uma semana.

Os familiares não quiseram dar entrevista. Uma amiga do jovem, Ane Caroline Morais afirmou que Erivelton era uma "das melhores pessoas que conheceu" e que a vítima jamais iria reagir a um assalto.

— Ele era uma pessoa de uma alma e um coração incrível. Sempre pensando nos outros, em ajudar os outros. Era o homem da casa. O pai dele faleceu quando ele era muito novo.

Violência

Erivelton foi morto por um tiro disparado por Pedro Henrique de Castro, de 18 anos. Ele foi preso depois que os militarres identificaram o assassino pelas câmeras de segurança e com os trabalhos de inteligência da polícia.

Imagens mostraram que dois bandidos, se fazendo passar por clientes, entraram no supermercado e foram até a seção de bebidas. Depois, se dirigiram ao caixa onde estava o jovem e roubaram o dinheiro.

Durante alguns segundos, Erivelto parece tentar conversar com Castro, que saca a arma e atira nas costas da vítima, que cai no chão.

O assassino foi preso, além do comparsa e outro homem que teria tentado esconder os suspeitos e a arma do crime.

Últimas