Minas Gerais Feriado termina com 17 mortos em estradas federais que cortam Minas

Feriado termina com 17 mortos em estradas federais que cortam Minas

Polícia Rodoviária Federal multou mais de 500 motoristas por ultrapassagem proibida e prendeu três pessoas por embriaguez ao volante, diz relatório

Dois motoristas morreram em batida no Norte de MG

Dois motoristas morreram em batida no Norte de MG

Divulgação / Corpo de Bombeiros

O feriado de 12 de outubro terminou com 17 mortos nas estradas federais que cortam Minas Gerais.

O balanço foi divulgado, na tarde desta terça-feira (13), pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Segundo a corporação, foram registrados 141 acidentes. Ao todo, 217 pessoas ficaram feridas.

A operação de feriado foi realizada entre os dias 9 de 12 de outubro. No período, 510 pessoas foram multadas por ultrapassagens proibidas, 380 por falta de uso de cinto de segurança em motoristas e 166 por passageiros sem o item de proteção. Crianças viajando sem as cadeirinhas geraram 36 multas. Ao todo, 8.723 carros foram fiscalizados.

A PRF ainda multou 24 pessoas e prendeu outras três por embriaguez ao volante. Não é possível comparar os dados deste ano com a operação do ano passado, uma vez que o feriado de 12 de outubro caiu em um sábado em 2019.

Estradas estaduais

Durante esta tarde, a Polícia Militar Rodoviária liberou um balanço parcial das ocorrências atendidas nas rodovias estaduais.

O relatório ainda não indica o número de mortos, mas adianta que houve 122 acidentes com vítimas, sendo feridos e mortos.

Últimas