Funerária recebe 1º caso suspeito de morte por Covid-19 de Betim

De acordo com a funerária responsável pelo sepultamento, enfermo também estava diagnosticado com cirrose 

Ilustração do CDC mostra o novo coronavírus

Ilustração do CDC mostra o novo coronavírus

Alissa Eckert, MS; Dan Higgins, MAM/CDC/Reuters

Um corpo chegou a uma funerária com um atestado de óbito indicando que a morte poderia ter sido provocada pelo novo coronavírus.

De acordo com a funerária responsável pelo sepultamento, o laudo do morador de Betim, na Grande BH, que não teve a identidade divulgada, também aponta que ele tinha cirrose.

A reportagem procurou a Secretaria de Saúde e a pasta municipal para analisar o caso, mas não teve retorno. Até o momento, o Governo de Minas ainda não confirmou nenhuma morte pela doença no Estado. Segundo o último levantamento, divulgado neste domingo (22), 83 pessoas foram contaminadas.