Minas Gerais Gerente de casa de prostituição é morta a golpes de faca em BH

Gerente de casa de prostituição é morta a golpes de faca em BH

Cliente é suspeito do crime; ele teria sido expulso do hotel após se desentender com uma das garotas que trabalhavam no local

  • Minas Gerais | Vinícius Araújo, da Record TV Minas

A gerente de casa de prostituição de Belo Horizonte foi morta, com golpes de faca, na noite do último sábado (17), na rua Guaicurus, na região Central. O suspeito do crime é um cliente do hotel que havia se desentendido com umas das garotas que trabalham no local, sendo expulso de lá.

Cliente do hotel é suspeito do crime

Cliente do hotel é suspeito do crime

Reprodução / Record TV Minas

De acordo com a PM (Polícia Militar), Clemildo Pereira, de 53 anos, teria saído do local e ficado escondido na rua à espera da gerente.

Kelly Lopes Soares, de 41 anos, conhecida como Dandara, teria sido atacada pelo homem com uma faca. A vítima chegou a ser socorrida por um taxista e levada para o Hospital Odilon Behrens, em BH, mas não resistiu aos ferimentos.

Veja também: Homem gasta com prostitutas e faz B.O para esconder da mulher

Após tentar fugir, o suspeito teria sido perseguido por pessoas que presenciaram o crime e agredido com pauladas e pedradas. Uma equipe da Polícia Militar interrompeu as agressões e socorreu o homem, que foi levado em estado grave para o Hospital Odilon Behrens. 

O cliente foi internado com escolta policial. Ele deve ser autuado em flagrante e será encaminhado para o sistema prisional após receber alta.

Últimas