Coronavírus

Minas Gerais Governo de MG inicia pagamento do Bolsa Merenda nesta segunda (27)

Governo de MG inicia pagamento do Bolsa Merenda nesta segunda (27)

Programa vai distribuir R$ 50 a estudantes em situação de extrema pobreza durante a pandemia; beneficiados ganharão R$ 20 extras no primeiro mês

Auxílio foi anunciado pelo governador no dia 07 de abril

Auxílio foi anunciado pelo governador no dia 07 de abril

Divulgação / Imprensa MG / Gil Leonardi

O Governo de Minas iniciou, nesta segunda-feira (27), o pagamento do Bolsa Merenda, benefício de R$ 50 concedido a estudantes da rede estadual de educação durante a pandemia do novo coronavírus.

A medida visa garantir a segurança alimentar de cerca de 380 mil crianças e adolescentes, com renda familiar mensal de até R$ 89 por pessoa, enquanto as atividades escolares estiverem paralisadas.

Para viabilizar a entrega do benefício, o Governo de Minas Gerais, por meio da Sedese (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social), criou uma parceria com a PagSeguro PagBank. A empresa vai doar R$ 20 extras no primeiro mês a todos os beneficiados. Assim, o Bolsa Merenda referente ao mês de abril vai entregar R$ 70 aos alunos do Estado. 

Pagamento

Para verificar quem tem direito ao benefício, o responsável pela família cadastrada no CadÚnico (Cadastro único) deverá consultar o site oficial do Bolsa Merenda e digitar o CPF.

Caso a consulta confirme o auxílio, a pessoa deverá baixar o aplicativo PagBank PagSeguro, disponível no Google Play e App Store, ou acessar o site https://cadastro.pagseguro.uol.com.br/.

Após a confirmação do cadastro e envio da documentações exigida, o beneficiário receberá a informação sobre o pagamento após dois dias úteis. O processo precisa ser feito apenas no primeiro mês. Nos demais, o benefício será pago todo dia 18.

O dinheiro pode ser utilizado de duas formas: pelo aplicativo, para pagar boletos, fazer transferências ou realizar compras usando QR Code, modalizade válida em qualquer estabelecimento que tiver uma máquina PagSeguro (Moderninha Pro, Moderninha X, Moderninha Plus e Moderninha Smart).

A outra opção é utilizar o cartão, que será entregue na casa dos beneficiários em até 20 dias úteis após a criação da conta. Com ele, as compras podem ser feitas em qualquer estabelecimento que aceite a bandeira Visa e o dinheiro pode ser sacado em bancos da Rede 24 horas.

Se a solicitação do benefício for feita no segundo, terceiro ou quarto mês, o responsável pelo cadastro terá o direito de requerer os valores não recebidos dos meses anteriores. No caso de não ocorrer movimentação na conta em até 30 dias após a liberação do auxílio, o dinheiro será recolhido e devolvido ao Estado.

O programa

O programa terá duração inicial de quatro meses, podendo ser estendido de acordo com o calendário das aulas.

Serão contemplados todos alunos da família. Uma mesma casa que tiver três estudantes matriculados na rede estadual de educação terá o direito de receber o benefício por todos eles, totalizando o valor de R$150,00. Participantes do grupo EJA (Educação de Jovens e Adultos) também poderão receber o Bolsa Merenda.

Do valor total de R$ 50, R$ 30 são custeados pelo Governo de Minas, enquanto os outros R$ 20 são pagos pelo MPMG (Ministério Público de Minas Gerais).

Dúvidas

Para tirar dúvidas, o público pode acessar o site disponilizado pelo Governo do Estado. Em relação ao Pag Seguro, o atendimento deve ser realizado pelos seguintes telefones:

- Ligações feitas por telefone fixo: 0800-728-2174, para o público do interior e demais regiões;

- Ligações feitas por telefone celular: 0+OPERADORA +11 4003-1775 (exemplo: 015 11 4003-1775), para o público do interior e demais regiões.

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Pablo Nascimento

Últimas