Novo Coronavírus

Minas Gerais Governo de MG investiga possível caso de reinfecção por covid-19

Governo de MG investiga possível caso de reinfecção por covid-19

Técnico em enfermagem foi infectado, se curou, mas morreu dois meses depois; Atestado de óbito indica complicações causadas por covid-19

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7, e Gabriel Rodrigues, da Record TV Minas

Libério pode ser primeiro reinfectado por vírus em MG

Libério pode ser primeiro reinfectado por vírus em MG

Record TV Minas

O secretário adjunto de Saúde de Minas Gerais, Marcelo Cabral, informou, nesta sexta-feira (10), que o Governo do Estado está investigando um possível caso de reinfecção por coronavírus.

O técnico em enfermagem Libério Tadeu Fonseca, de 22 anos, morava em Itatiaiuçu, a 72 km de Belo Horizonte e foi diagnosticado com covid-19 em abril. Ele cumpriu o isolamento social e retornou ao trabalho. No mês seguinte, Libério realizou um novo teste, mas o resultado foi negativo.

Veja: Hospital de campanha de BH deve ser aberto até a próxima semana

Comprovação

Porém, em junho, Libério passou a apresentar sintomas graves da covid-19, e acabou falecendo na última segunda feira (6), em Itaúna, a 76 km da capital mineira. Um novo exame apontou a causa da morte como "complicações por covid-19".

O secretário adjunto de Saúde de Minas Gerais, Marcelo Cabral, destacou, em entrevista coletiva, que não há comprovação científica se pode haver, de fato, uma reinfecção.

— Nós não estamos lidando com uma ciência exata, A ciência tem a característica da investigação. É natural que haja alguns destes questionamentos.

Um fator levado em conta neste caso é uma alteração genética diagnosticada na mãe de Libério. Edriana de Fátima, de 44 anos, também morreu infectada pelo vírus dois dias antes do filho.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas