Novo Coronavírus

Minas Gerais Governo de MG recomenda "cautela extra" em festas de fim de ano

Governo de MG recomenda "cautela extra" em festas de fim de ano

Metade das regiões do Estado estão na fase vermelha do programa Minas Consciente, que só permite a abertura de estabelecimentos essenciais

undefined

undefined

Reprodução/RecordTV Minas

A alta de casos e mortes relacionadas à covid-19 em Minas Gerais acendeu alerta nas autoridades sanitárias do Governo de Minas, que recomendaram, nesta quarta-feira (16), "cautela extra" durante as festas de Natal.

Sete das 14 macrorregiões de saúde do estado estão na fase vermelha do programa Minas Consciente e os municípios localizados nessas regiões só poderão permitir a abertura de comércios considerados essenciais na próxima semana.

Apenas duas regiões estão na fase verde, que autoriza a abertura de todos os estabelecimentos comerciais, inclusive os de maior potencial de transmissão do coronavírus.

No entanto, mesmo com a maior incidência da covid-19 na maior parte das regiões de Minas, o governo estadual autorizou as cidades mineiras que estão na onda vermelha do programa Minas Consciente a abrir lojas de roupas e calçados para as vendas de Natal.

De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, o Estado deve tornar os protocolos sanitários mais rígidos.

— Abrimos a exceção para as compras de Natal, mas colocamos no protocolo de segurança mais rigidez para o acesso às lojas para que não coloquem a vida das pessoas em risco.

Onda vermelha:

- Jequitinhonha
- Leste
- ​Leste do Sul
- Nordeste
- Vale do Aço
- Sudeste
- Centro-Sul

Onda amarela:

- Centro
- Norte
- Noroeste
- Oeste
- Sul

Onda verde:

- Triângulo do Norte
- Triângulo do Sul

Últimas