Minas Gerais Governo de MG restringe acesso de servidores à Cidade Administrativa

Governo de MG restringe acesso de servidores à Cidade Administrativa

Após três meses, sede do governo estadual volta a ficar restrita a funcionários de áreas consideradas essenciais; os demais retornam ao teletrabalho

Servidores voltam ao teletrabalho a partir de segunda

Servidores voltam ao teletrabalho a partir de segunda

Divulgação/Imprensa MG/Gil Leonardi

O Governo de Minas vai restringir o acesso à Cidade Administrativa a partir da próxima segunda-feira (14). O objetivo é reduzir a circulação de pessoas na sede do Executivo estadual.

De acordo com a Seplag (Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão), a medida foi tomada após recomendação do Comitê Extraordinário Covid-19, que determinou que Belo Horizonte recuasse da Onda Verde para a Onda Amarela do Minas Consciente.

Em nota, a assessoria de imprensa do Governo de Minas confirmou que, a partir de segunda-feira, somente poderão ser desenvolvidas na modalidade presencial as atividades classificadas como essenciais.

O governo estadual adotou o teletrabalho para boa parte dos servidores no fim de março, após o decreto de estado de calamidade pública. Os servidores começaram a retornar gradualmente para as atividades presenciais em setembro. De acordo com a Seplag, este retorno está limitado e 20% da ocupação dos espaços.

Últimas