Novo Coronavírus

Minas Gerais Governo de MG vai fazer anúncio sobre a situação das aulas no Estado

Governo de MG vai fazer anúncio sobre a situação das aulas no Estado

Secretária de Educação e o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico marcaram um pronunciamento para a tarde desta quarta-feira (23)

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Aulas presenciais estão suspensas no Estado desde março

Aulas presenciais estão suspensas no Estado desde março

Christiano Antonucci/Secom-MT

O Governo de Minas Gerais convocou a imprensa para um pronunciamento, na tarde desta quarta-feira (23), para falar sobre a situação das aulas no Estado.

A expectativa é que durante a coletiva, marcada para às 16h, seja detalhado quando deve acontecer a retomada presencial das atividades em nas escolas públicas da rede estadual, particulares e municipais nas cidades que seguem o programa Minas Consciente.

O pronunciamento será feito pela secretária de Educação, Julia Sant’Anna. Ao lado dela estará o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, responsável por organizar as atividades que são liberadas em cada uma das três ondas do programa de flexibilização.

Leia também: MG deve ter aulas com revezamento de alunos

Nesta terça-feira (22), o governador afirmou, durante entrevista a uma rádio em BH, que "com toda certeza", é possível voltar com os estudantes para as salas de aula ainda em 2020.

As aulas presenciais estão suspensas nas escolas públicas da rede estadual de Minas Gerais desde meados de março devido à pandemia de covid-19. Em maio, o Governo do Estado implantou um sistema de atividades remotas, com distribuição de apostilas e teleaulas na Rede Minas, canal de TV estatal.

Por se tratarem de atividades econômicas, as escolas particulares dependem de aval das prefeituras para poderem funcionar. Até o momento, nenhuma das três fases do programa Minas Consciente permite a abertura dos colégios. Em Belo Horizonte, que não segue o programa do Governo Estadual, as atividades também estão suspensas.

Últimas