Minas Gerais Governo de Minas e Prefeitura de BH se preparam para vacinação

Governo de Minas e Prefeitura de BH se preparam para vacinação

Governo de Minas estima iniciar vacinação até dois dias após distribuição da vacina; PBH diz estar com estrutura pronta

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli e Pablo Nascimento, do R7

Vacinação em BH ocorrerá em todos os 152 centros de saúde da prefeitura

Vacinação em BH ocorrerá em todos os 152 centros de saúde da prefeitura

Divugação / PBH / Adão de Souza

O Governo de Minas Gerais e a Prefeitura de Belo Horizonte esperam dar início à campanha de vacinação contra a covid-19 ainda na semana que vem. A data certa do início da imunização ainda depende não só da autorização da Anvisa (Agência Nacional da Viglância Sanitária), como da distribuição das primeiras doses. 

Dirigentes da Anvisa se reúnem neste domingo para votar a liberação da Coronavac para uso emergencial. De acordo com o secretário-Geral do Governo de Minas, Matheus Simões, a previsão é de que a vacinação comece nos municípios até 48 horas após a distribuição das doses dos imunizantes. 

O Governo de Minas estuda até buscar os lotes com as vacinas para agiliar o processo. 

— Para acelerar, temos até disposição de buscar as vacinas no Butantan ou na Fiocruz, mas isso ainda depende do Governo Federal.

Ao longo da última semana, o governador Romeu Zema (Novo) separou sua agenda para acompanhar a distribuição de seringas agulhadas no interior do Estado. O governador esteve em Barbacena, Juiz de Fora e Varginha. 

Belo Horizonte

Em Belo Horizonte, a prefeitura diz contar com um estoque de 2 milhões de seringas para a campanha de vacinação da covid-19 na capital. O número seria suficiente para atender as primeiras fases da campanha e o Executivo municipal ainda espera novas entregas para ampliar o estoque.

De acordo com o planejamento da prefeitura, todos os 152 centros de saúde da capital mineira terão suas salas de vacina disponibilizadas para descentralizar a vacinação na cidade.

De acordo com o subsecretário de Promoção e Vigilância em Saúde, Fabiano Pimenta, a secretaria municipal de saúde trabalhou para garantir uma vacinação segura, com preparação dos profissionais e disponibilização de insumos. 

— As seringas, agulhas e demais materiais necessários já estão disponíveis, aguardando o efetivo recebimento das vacinas”, explica o .

Últimas