Minas Gerais Governo descarta quarta onda de Covid-19 em Minas Gerais 

Governo descarta quarta onda de Covid-19 em Minas Gerais 

Secretário Fábio Baccheretti confirmou aumento de pacientes com a doença no estado, mas disse que cenário já era esperado 

  • Minas Gerais | Ana Gomes, Do R7

Governo descartou quarta onda da doença

Governo descartou quarta onda da doença

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Governo de Minas Gerais concedeu entrevista coletiva, na manhã desta sexta-feira (24), para atualizar os dados sobre a Covid-19. O secretário de Saúde, Fábio Baccheretti, afirmou que o aumento de casos da doença era esperado nesta época do ano e descartou a quarta onda no estado.

“Temos aumento de registros, mas muito longe do que vivenciamos em janeiro e fevereiro com a Ômicron. Não estamos vivendo uma quarta onda por uma cepa nova. E, sim, um aumento sazonal. O que estamos vivendo agora é um aumento de casos respiratórios comum nessa época. O pico entre as crianças já passou”, disse.

Até o momento, o estado tem 3.572.319 casos confirmados e 62.015 mortes por Covid. Sobre a vacinação, Baccheretti destacou a baixa adesão do público infantil. Segundo dados do governo, 30% das crianças entre 5 e 11 anos ainda não tomaram a primeira dose.

“Se você acha que está deixando seu filho seguro sem vacinação, é o contrário. Ele vai ficar seguro vacinado”, afirmou. 

O secretário disse ainda que a expectativa é que o governo federal anuncie a quarta dose do imunizante para toda a população maior de idade. O Ministério da Saúde autorizou, até o momento, a vacinação da segunda dose de reforço para pessoas a partir de 40 anos.

“A pessoa que não tomou a vacina corre pelo menos cinco vezes mais risco de morrer”, alertou  Baccheretti.

Últimas