Novo Coronavírus

Minas Gerais Guarda Municipal de BH orienta passageiros sobre uso da máscara

Guarda Municipal de BH orienta passageiros sobre uso da máscara

A blitz educativa é montada em diferentes regiões da capital para aconselhar as pessoas no transporte coletivo quanto ao uso correto da proteção

Guardas alertaram população de BH sobre uso obrigatório das máscaras

Guardas alertaram população de BH sobre uso obrigatório das máscaras

Reprodução/RecordTV Minas

A Guarda Municipal de Belo Horizonte realizou, na manhã desta quarta-feira (6), uma ação educativa no transporte público da capital mineira para orientar passageiros sobre a utilização correta das máscaras. O uso do equipamento é obrigatório em BH.  

A blitz foi montada na avenida Raja Gabáglia, no bairro São Bento, na Região Centro-Sul de BH entre 9h e 12h e parou motoristas de coletivos e taxistas. 

Leia mais: Máscaras viram fonte de renda durante pandemia da covid-19

A Prefeitura de BH afirmou que a ação da Guarda Muncipal ocorre sempre pelas manhãs, alternando, diariamente, os pontos de atuação entre cada uma das nove regionais da capital. O uso das proteções, assim como a higiene das mãos e o utilização de álcool em gel são medidas indicadas para conter a propagação do novo coronavírus.

Uso obrigatório

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, anunciou, na terça-feira (5), que quem estiver circulando sem os equipamentos de proteção em lugares públicos poderá ser multado em até R$ 80. A punição passará a valer a partir dia 15.

O uso obrigatório da máscara está determinado por decreto municipal desde o dia 17 de abril. Na ocasião, ficou decidido que os estabelecimento devem impedir a entrada e permanência de pessoas que não estiverem usando a proteção.

BH vai multar "idiotas sem máscara" em até R$ 80, diz prefeito Kalil

Kalil prometeu, ainda, que até o fim desta semana cerca de 2 milhões de máscaras serão distribuídas à população de BH.

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli 

Últimas