Minas Gerais Homem é preso suspeito de trocar vídeos da filha por criptomoeda

Homem é preso suspeito de trocar vídeos da filha por criptomoeda

Polícia chegou até o homem após denúncia de que ele estaria negociando imagens da criança de 6 anos em um aplicativo

Celular e caderno foram apreendidos

Celular e caderno foram apreendidos

Reprodução/Polícia Civil

Um homem de 39 anos foi preso suspeito de filmar e divulgar imagens íntimas da própria filha, de apenas 6 anos de idade. Ele foi encontrado na manhã desta terça-feira (26) na sua casa em uma cidade localizada na região de Pará de Minas, a 90 km de Belo Horizonte, durante uma operação conjunta entre as polícias civis de Minas Gerais e Goiás. Um caderno da criança e o celular do homem foram apreendidos.  

As investigações começaram no Estado goiano, a partir da denúncia de uma testemunha, que disse que um homem estaria transmitindo imagens de uma criança por meio de um aplicativo de celular. De acordo com a denúncia, ele exibia a criança, conforme o pedido de outras pessoas, em troca de criptomoedas.   

A partir da denúncia, a investigação foi encaminhada à Polícia Civil de Minas Gerais, que cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito. 

De acordo com o delegado Douglas Barcelos, da Delegacia Regional de Pará de Minas, o homem confessou a autoria dos vídeos. 

— Ao final do inquérito, ele poderá ser indiciado pelos crimes de estupro de vulnerável e satisfação de lascívia mediante presença de criança

Últimas