Minas Gerais Homem usa caminhão para destruir carro da esposa após briga

Homem usa caminhão para destruir carro da esposa após briga

Suspeito, que estaria embriagado, teria tido um ataque de ciúmes após um amigo chegar na casa do casal em Contagem (MG)

Um homem usou um caminhão para destruir o carro da esposa após uma briga motivada por ciúmes. O caso foi registrado em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Imagens registradas por vizinhos mostram o momento em que o condutor, que estaria embriagado, acelera o caminhão e atinge a lateral do carro. Na sequência, ele dá ré e atinge a parte frontal do veículo, que estava estacionado na rua. Toda a ação teria sido presenciada pelo filho do casal, de 1 ano e meio, e por outras crianças.

A dona do carro, que prefere não se identificar, vive com o suspeito há cerca de cinco anos. Ela afirma que a confusão teria começado por um ataque de ciúmes e também por ela ter impedido que o companheiro dirigisse embrigado.

— Meu irmão chamou um amigo para ir lá para casa. Aí meu namorado disse que não gostava daquele rapaz, sendo que eu nunca tive nada com ele. Ele começou a discussão por causa desse rapaz. Ele quis a chave para sair, eu peguei e escondi. Aí ele saiu com a chave do caminhão e fez isso aí.

Veja: Homem tenta esfaquear esposa após ela se negar a fritar torresmo

A mulher acusa o homem de tentar agredi-la antes de destruir o carro. Ele teria pego uma churrasqueira, com brasas acesas dentro, e tentado jogar em cima da companheira. O irmão da vítima teria impedido a agressão.

Carro ficou parcialmente destruído

Carro ficou parcialmente destruído

Reprodução / Record TV Minas

Vizinhos acionaram a Polícia Militar, que interceptou o caminhão uma hora após a confusão. O suspeito chegou a ser detido por embriaguez ao volante, mas foi liberado pouco depois, tendo a carteira de habilitação e o caminhão apreendidos.

A vítima, que teve um relacionamento de cinco anos com o homem, teme que ele volte a procurá-la mesmo após ela registrar um boletim de ocorrência.

— Ele é agressivo, ele é muito ignorante, bebe muito. Tenho medo dele beber e vir atrás de mim.

Últimas