Hospital de MG será "100% Covid" e pacientes são transferidos

Unidade fica localizada na cidade de Carangola, a 357 km de Belo Horizonte; a medida visa evitar a propagação do vírus em outras instituições

Decisão foi tomada após visita ao hospital

Decisão foi tomada após visita ao hospital

Divulgação/SES

A SES (Secretaria de Estado de Saúde), anunciou nesta sexta-feira (17), que o Hospital Evangélico de Carangola, a 357 km de Belo Horizonte, passará a  atender somente casos de covid-19.

A decisão foi tomada após uma visita técnica realizada pela equipe da Regional de Saúde de Manhuaçu, a 75 km de Carangola.

De acordo com a secretaria, para permitir que o Hospital Evangélico seja totalmente destinado a acolher suspeitos do novo coronavírus, os pacientes que, hoje, estão internados lá serão transferidos para o Hospital Casa de Caridade de Carangola.

Com isso, a unidade de saúde ficará com 44 leitos clínicos e 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) livres para atender pacientes com Covid-19.

Leia mais: Centro de exposição vai virar hospital com 800 leitos em BH

Ainda segundo a pasta, caso haja um aumento na demanda, novos leitos poderão ser montados.

Segundo o superintendente regional de Saúde de Manhuaçu, Juliano Estanislau Lacerda, a medida tem como objetivo a prevenção da propagação do vírus em um maior número de unidade.

— O nosso objetivo é concentrar os pacientes de covid-19 em um número menor de unidades hospitalares com a finalidade de proteger os demais pacientes e evitar contaminações dos próprios profissionais de saúde, além de estabelecer um fluxo mais adequado para receber e referenciar os pacientes da microrregião.

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli