Novo Coronavírus

Minas Gerais Idoso vacinado com 2 doses morre por complicações da covid em MG

Idoso vacinado com 2 doses morre por complicações da covid em MG

Vítima de 78 anos estava com a saúde debilitada; especialista avalia que caso é pontual e não invalida eficácia do imunizante

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Município tem quase 20 mil habitantes

Município tem quase 20 mil habitantes

Reprodução / Google Street View

Um idoso de 78 anos, vacinado com duas doses da CoronaVac, morreu por complicações causadas pela covid-19, neste domingo (6), na cidade de Alpinópolis, a 320 km de Belo Horizonte.

Segundo a prefeitura, a vítima estava com a saúde debilitada, mas não destacou quais problemas eram enfrentados por ele.

O idoso estava internado no Hospital Cônego Ubirajara Cabral. Ele morava no Lar São Vicente de Paulo, que registrou um surto de coronavírus na última semana, com 12 internos infectados.

Segundo a direção da instituição, o surto foi descoberto após uma testagem em massa. Dos 12 contaminados, dois apresentaram sintomas característicos da covid-19 e os 10 restantes ficaram assintomáticos.

A direção da instituição não informou como eles podem ter sido infectados, mas destacou que esta foi a primeira vez durante a pandemia que um interno ou funcionário contraiu a doença.

"Nosso protocolo foi eficiente ao manter os 40 idosos e colaboradores livres da covid-19 por mais de um ano. Todos idosos e colaboradores foram imunizados no início deste ano com a CoronaVac", informou o asilo em nota.

Alerta

Unaí Tupinambás, médico infectologista professor do curso de medicina da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) avaliou que o episódio registrado na cidade do sul de Minas não invalida a eficácia da CoronaVac e nem das demais vacinas contra a covid-19 atualmente em uso no Brasil.

Segundo ele, a eficiência pode “ser um pouco menor” em idosos com a saúde já fragilizada, mas a proteção para casos graves, na maioria das vezes, fica acima de 85%. Assim, o especialista defende que é preciso manter a vacinação contra o coronavírus.

— Todas as vacinas podem falhar, mas como na pandemia estamos todos com os olhos voltados para o coronavírus, quando registramos casos como este as pessoas podem ter a sensação de que a vacina não funciona. Temos casos de surto em asilos no mundo inteiro, mesmo tendo vacinado com outras marcas como a AstraZeneca e Pfizer. Temos que lembrar que a maioria das pessoas que tomam as duas doses está protegida contra as formas mais grave da covid-19

Dados da Prefeitura de Alpinópolis apontam que a cidade de aproximadamente 20 mil habitantes teve, até o momento, 28 mortes causadas pela covid-19 e 1.176 casos confirmados.

Últimas