Novo Coronavírus

Minas Gerais Idosos com 83 anos de idade começam a ser vacinados em BH

Idosos com 83 anos de idade começam a ser vacinados em BH

Postos de saúde também irão receber pessoas com 84 e 85 anos que ainda não se vacinaram; campanha será ampliada até 80 anos

Idosos podem comparecer a um dos 152 postos de saúde para receberem a primeira dose

Idosos podem comparecer a um dos 152 postos de saúde para receberem a primeira dose

Lucas Pavanelli/R7

Idosos com 83 anos de idade começam a ser vacinados nesta segunda-feira (8), em Belo Horizonte. Para isso, é preciso comparecer a um dos 152 postos de saúde espalhados nas oito regionais da cidade. Quem tem 84 e 85 anos mas ainda não se vacinou também pode comparecer a uma dessas unidades. Confira a lista dos postos de saúde de BH e os endereços neste link

Para ser atendido no posto de saúde mais próximo de sua casa, o idoso leve documento de identidade e comprovante de residência. Todos eles devem comparecer ao local de máscara e respeitar o distanciamento indicado em cada unidade de saúde. Os postos funcionam de 7h30 às 15h30 para realizar a campanha de vacinação dos grupos prioritários.

Para evitar aglomerações, que ocorreram em outras datas, a Secretaria Municipal de Saúde pede que cada um esteja acompanhado apenas com uma outra pessoa. Os idosos que têm entre 80 e 85 anos e estão acamados precisam fazer um cadastro no site da prefeitura (clique aqui) para receberem a vacina em casa.

A expectativa é imunizar, até o dia 12 de março, 42 mil pessoas que fazem parte desse público-alvo.

Confira o cronograma dos próximos dias:         

* 83 a 85 anos, de segunda-feira (8) a sexta-feira (12)      
* 82 anos, de terça-feira (9) a sexta-feira (12)          
* 81 anos, de quarta-feira (10) a sexta-feira (12)          
* 80 anos, de quinta-feira (11) a sexta-feira (12)

Mais vacinas

A Prefeitura de Belo Horizonte recebeu, nos últimos dias, mais 36 mil doses da CoronaVac. O total de imunizantes é suficiente para vacinar 18 mil pessoas — já que é preciso separar metade do total recebido para a segunda dose, de reforço. No entanto, o Executivo municipal ainda não divulgou a estratégia de imunização. 

Últimas