Coronavírus

Minas Gerais Igarapé (MG) perde 229 doses de vacina com pane em refrigerador

Igarapé (MG) perde 229 doses de vacina com pane em refrigerador

Doses da Coronavac seriam destinadas a profissionais de saúde e idosos com mais de 90 anos; prefeitura suspendeu vacinação

  • Minas Gerais | Camila Cambraia, da RecordTV Minas

Vacinas precisam ser armazenadas em temperatura entre 2 e 8 graus

Vacinas precisam ser armazenadas em temperatura entre 2 e 8 graus

Divulgação/Imprensa MG/Pedro Gontijo

A Prefeitura de Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte, confirmou a perda de 229 doses únicas da vacina contra a covid-19 devido a uma pane em um refrigerador da Policlínica da cidade. Além da Coronavac, também havia outros 6.397 imunizantes para doenças como febre amarela, HPV, hepatites A e B e antirrábica.

O total de doses perdidas corresponde a 37% dos imunizantes enviados para a cidade até o momento. A cidade de Igarapé tem cerca de 35 mil habitantes e imunizou, até o momento, apenas 90 pessoas, a maioria profissionais de saúde, de acordo com o Vacinômetro do Governo de Minas

O problema foi identificado por uma funcionária da policlínica. Quando ela chegou ao trabalho, percebeu que um dos três refrigeradores não funcionava e atingiu uma temperatura superior a 36 graus. Nesse equipamento estavam todas as doses de Coronavac disponiveis no municipio para vacinar idosos com mais de 90 anos e profissionais da saude.

Um técnico da prefeitura esteve no local e informou que a pane teria sido causada por um defeito no termostato. Todas as vacinas que estavam no freezer foram perdidas porque precisam ser mantidas refrigeradas entre 2 e 8 graus. Como a temperatura estava bem acima disso, o imunizante perde o efeito.

De acordo com o secretário municipal de saúde, Leonardo Barbera, a principal preocupação é com 77 unidades que seriam aplicadas como segunda dose para os profissionais da linha de frente.

De acordo com a perícia, o refrigerador estava com a manutenção em dia. Um laudo confirmando as causas do problema deve ficar pronto nos próximos dias, mas a Polícia Civil, a princípio, não acredita que a pane tenha sido criminosa.

Vacinação interrompida

Mais cedo, a Prefeitura de Igarapé afirmou que interroméu a campanha de vacinação após o problema encontrado no refrigerador. 

Em nota divulgada em suas redes sociais, a prefeitura afirmou que se compromete em dar informações à população sobre o que aconteceu e as soluções adotadas mas que, neste momento, por precaução, "está temporariamente suspensa" a vacinação contra a covid-19 no município.

Últimas