Novo Coronavírus

Minas Gerais Índices da pandemia em BH voltam a recuar após semana com avanço

Índices da pandemia em BH voltam a recuar após semana com avanço

Ocupação das UTIs reduziu depois de apresentar crescimento durante sete dias seguidos, mas permanece na faixa vermelha

Ritmo de transmissão do vírus reduziu para 0,98

Ritmo de transmissão do vírus reduziu para 0,98

Stephanie Lecocq/EFE/EPA - 02.04.2021

Belo Horizonte registrou, nesta segunda-feira (3), redução nos três indicadores que monitaram o pandemia de covid-19.

Na última semana, logo após a reabertura do comércio, os dados da prefeitura indicavam avanço nos números. Na sexta-feira (30), a taxa de ocupação das UTIs (Unidade de Tratamento Intensivo) para infectados com coronavírus completou seguidos dias seguido em alta.

Desta vez, o índice passou 78,1% para 77%, se mantendo na faixa de alerta amarela. Já as enfermarias estão com 56,2% dos leitos ocupados, se mantendo na faixa amarela. Antes, o percentual estava em 58,3%.

Já o RT, que mede o ritmo de transmissão do coronavírus, abaixou de 1,01 para 0,98, indicando que cada grupo de 100 doentes infectam 98 pessoas. Especialistas apontam que o indicador precisa ficar abaixo de 1 para que haja redução da pandemia.

Da última sexta-feira para cá, a prefeitura confirmou mais 33 mortes e 2.107 novos casos de covid-19, elevando para 179.539 o total de infectados e 4.362 o número de vítimas. Os curados somam 168.367.

Últimas