Ipatinga (MG) tem 100% de leitos de UTI ocupados e preocupa governo

Município de 260 mil habitantes tem apenas 25 leitos de UTI na rede pública e todos eles estão ocupados; Governo pede distanciamento social

Leitos públicos em Ipatinga estão todos ocupados

Leitos públicos em Ipatinga estão todos ocupados

Reprodução/ Pixabay

A Prefeitura de Ipatinga, a 212 km de Belo Horizonte, confirmou nesta sexta-feira (29), que o município não tem mais leitos públicos para atender pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Com apenas 25 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para atender toda a rede pública, o município de 260 mil habitantes chegou à taxa de 100% de ocupação. 

Ipatinga (MG) libera abertura de bares, restaurantes e academias

O município tem 202 casos confirmados de covid-19, segundo boletim do Governo de Minas e um óbito relacionado à doença foi registrado. 

Para o secretário-adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, os municípios da região devem ficar alerta. 

— Em relação ao Vale do Aço, é importante que se mantenham em distanciamento social, em isolamento social. Dessa forma, vamos conseguir enfrentar a pandemia. Essa foi a primeira região que começamos essa dinâmica para explicar o [programa] Minas Consciente. Mantenham a atenção quanto ao distanciamento social para que não tenhamos surpresas ruins e mantenhamos os índices que conseguimos manter até hoje.

O município de Coronel Fabriciano, que também pertence ao Vale do Aço, tem 63 casos confirmados e Timóteo, 31. Ambos não registraram óbitos em decorrência da covid-19. 

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Pablo Nascimento.