Minas Gerais Jovem é suspeita de abandonar bebê para esconder gravidez 

Jovem é suspeita de abandonar bebê para esconder gravidez 

Conselho Tutelar de Jacutinga (MG) investiga jovem de 18 anos que teria inventado abandono do recém-nascido para a polícia

Caso repercutiu em Jacutinga (MG)

Caso repercutiu em Jacutinga (MG)

Divulgação

O Conselho Tutelar do município de Jacutinga, a 380 km de Belo Horizonte, no Sul de Minas Gerais, apura o caso de uma jovem de 18 anos, suspeita de ter abandonado o próprio filho logo após o parto, para esconder, da família, que estava grávida. 

De acordo com a denúncia, ela ligou para a Polícia Militar e alertou que um casal, em um carro, havia abandonado um recém-nascido na porta da sua casa, enrolado em um saco plástico. 

Os militares encontraram o bebê, ainda com cordão umbilical, e o levaram junto com a jovem para um hospital, onde ele foi atendido. Os policiais acionaram outras companhias e verificaram câmeras de segurança da rua, na tentativa de localizar o carro que teria abandonado o recém-nascido, mas não encontraram nenhum registro. 

Os policiais começaram a desconfiar do caso quando a jovem precisou ser encaminhada para atendimento médico deopis de ter manchado o banco da viatura com sangue. Ela foi atendida por conta da hemorragia e, na unidade de saúde, confessou para a mãe que, com medo, escondeu a gravidez e inventou a história sobre o abandono do bebê. 

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso. 

Últimas