Coronavírus

Minas Gerais Kalil sinaliza liberar bares e restaurantes até 23h, diz sindicato

Kalil sinaliza liberar bares e restaurantes até 23h, diz sindicato

Segundo representante do setor que se reuniu com o prefeito, município não deve atender, por enquanto, outras demandas

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Atualmente, bares podem abrir até 22h

Atualmente, bares podem abrir até 22h

Reprodução / Freepik

O sindicato que representa os bares e restaurantes de Belo Horizonte informou, no fim da tarde desta terça-feira (20), que o prefeito Alexandre Kalil (PSD) sinalizou ampliar o horário de funcionamento do setor, passando o fechamento de 22h para 23h.

A medida, segundo Paulo César Pedrosa, presidente do Sindhorb (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de BH e Região Metropolitana) foi sinalizada durante reunião realizada entre ele e Kalil nesta tarde. O encontro durou aproximadamente 15 minutos.

Pedrosa relatou, no entanto, que as outras propostas feitas pela categoria, como ampliar o número máximo de pessoas nas mesas de quatro para seis e a revisão do protocolo para reabertura das casas de shows não devem ser atendidas pelo município, por enquanto. Apesar disto, ele se diz satisfeito com oa reunião.

— O segundo semestre promete ser melhor que antes da pandemia, principalmente na hotelaria.

Procurada pela reportagem, a prefeitura informou que todas as propostas apresentadas pelo setor serão analisadas pelo comitê de enfrentamento à covid-19.

Atualmente, o decreto municipal de prevenção à covid-19 autoriza os bares e restaurantes a abrirem diariamente, das 11h às 22h para atendimento no local com venda de bebidas alcoólicas.

Últimas