Lagoa Santa permite abertura de academias com aulas coletivas 

Decreto foi publicado nesta quinta-feira (14) e prevê medidas para tentar controlar a disseminação do coronavírus nesses estabelecimentos

Município autorizou abertura de academias

Município autorizou abertura de academias

Google Street View / Reprodução

A Prefeitura de Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, permitiu a reabertura de academias de ginástica, crossfit e clínicas de fisioterapia e autorizou até mesmo aulas coletivas dentro desses estabelecimentos.

O decreto com as novas regras foi publicado nesta quinta-feira (14). 

De acordo com o Executivo, as academias devem exigir o uso de máscaras e aferir a temperatura dos alunos que entrarem no local. Quem tiver com mais de 37,8ºC de febre ou sinais de gripe não será autorizado a entrar.

O decreto ainda proíbe a entrada de idosos nas academias e determina que, nas aulas coletivas, a distância de dois metros deve ser assegurada, assim como a higienização de equipamentos logo após o uso. 

Outras medidas

A Prefeitura de Lagoa Santa, por meio do mesmo decreto, também recomenda que os moradores higienizem produtos comprados em supermercados e que os condomínios disponibilizem tapetes para a higienização dos calçados. O Executivo municipal também limitou o quantidade de pessoas em comércios como supermercados, padarias, farmácias, dentre outras.  

A flexibilização das medidas de isolamento social em Lagoa Santa chegou a provocar um embate com o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), que chegou a determinar, no início de abril, que bloquearia a entrada de ônibus vindos do município. 

Na ocasião, a Prefeitura de Lagoa Santa chegou a recuar da flexibilização e até emitiu um decreto para multar donos de casas, condomínios ou sítios que fizessem festas ou aglomeração de pessoas.