Minas Gerais Líder comunitário denuncia agressão em ação policial em BH

Líder comunitário denuncia agressão em ação policial em BH

Coordenador da Central Única de Favelas teria ficado desacordado após ser atingido com cassetete na cabeça, no bairro Taquaril

  • Minas Gerais | Leandro Silva, da Record TV Minas

Vídeo mostra a abordagem policial

Vídeo mostra a abordagem policial

Reprodução / Record TV Minas

O líder comunitário André Cavaleiro, coordenador da Cufa (Central Única das Favelas), denunciar ter sido vítima de truculência durante uma abordagem policial, neste domingo (3), no bairro Taquaril, na região Leste de Belo Horizonte.

Cavaleiro relata que estava em um churrasco com amigos quando foi abordado por policiais militares.

Durante a ação, um dos agentes teria batido com o cassetete na cabeça do ativista, que desmaiou e precisou ser levado para a Upa (Unidade de Pronto Atendimento) Leste. Imagens registradas por moradores mostram parte da confusão e o momento em que Cavaleiro é colocado, aparentemente desacordado, na parte de trás da viatura.

Já a Polícia Militar informou que foi até o local apurar uma denúncia da realização de um baile funk com a presença de pessoas armadas e embriagadas que estariam fechando uma das ruas do bairro. Segundo a corporação, Cavaleiro estava exaltado e afirmou que não se posicionaria para ser revistado por “não ser bandido”.

O líder comunitário detido por desobediência, resistência e desacato. Ele foi liberado depois de prestar depoimento.

Em nota, a Polícia Militar informou que foi instaurado um procedimento administrativo para verificar as circunstâncias do fato. A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil e aguarda retorno.

Últimas