Minas Gerais Loja manda presentes para idoso que recebeu nota falsa de R$ 420

Loja manda presentes para idoso que recebeu nota falsa de R$ 420

Grife paulista Chronic420 enviou caixa com R$ 1.000 em roupas mais o dinheiro perdido pelo idoso, morador de Unaí (MG)

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli e Célio Ribeiro*, do R7

Idoso vai receber caixa com R$ 420, roupas e notas falsas

Idoso vai receber caixa com R$ 420, roupas e notas falsas

Reprodução / Redes sociais

Uma marca de roupas paulista vai enviar uma caixa com presentes para um idoso de Unaí, a 590 km de Belo Horizonte, que foi vítima de um golpe ao receber uma nota falsa de R$ 420. A cédula é distribuída como brinde aos clientes da loja.

Pelas redes sociais, a grife Chronic420 divulgou um vídeo em que mostra um funcionário preparando uma caixa para ser enviada para Gerson José Pereira, de 75 anos. A loja está enviando R$ 420 para ressarcir a vítima, além de cerca de R$ 1.000 em roupas e várias notas falsas de R$ 420, iguais àquelas recebidas pelo idoso.

Em entrevista ao R7, o responsável pelas criações da marca, Caio Venom, afirmou que esta não é a primeira vez que o nome da grife vai parar nas páginas policiais. Em pelo menos outras duas oportunidades, a cédula falsa foi apreendida por policiais.

— Em janeiro, houve um cidadão preso com 150 kg de maconha e uma nota, saiu em vários jornais. Em março houve um caso parecido. É até engraçado porque a imprensa acaba falando mais da nota do que nas apreensões de maconha.

Mas, segundo Venom, o caso registrado em Unaí foi, de longe, o de maior repercussão. Os donos da marca esperam que a caixa seja um ‘final feliz’ para a história vivida pelo idoso. Venom acredita que Gerson Pereira vai gostar dos presentes, principalmente do dinheiro verdadeiro.

— Enviamos cerca de 15 peças de roupas, dá por volta de R$ 1.000. Também estamos mandando o dinheiro que ele teve prejuízo e um monte de notas falsas de R$ 420, que são apenas brindes. Eu estou rezando para que ele reaja bem. Espero que não fique bravo com as notas.

Golpe

O idoso recebeu a nota como pagamento de um empréstimo de R$ 100 feito para um morador de Unaí. Inicialmente, a vítima se recusou a receber a cédula, que tinha, em uma das faces, o desenho de um bicho-preguiça e uma folha similar à da maconha. O suspeito teria ficado bravo e alegado que a nota era verdadeira, tendo sido retirada em um caixa eletrônico. A vítima, então, aceitou a cédula e ainda devolveu R$ 320 de troco.

Veja: Polícia apreende cocaína marcada com "dólar do Pablo Escobar"

O suspeito foi preso horas depois pela Polícia Militar e alegou já ter gasto todo o dinheiro repassado pelo idoso. O jovem reafirmou ter recebido a cédula de R$ 420 em um banco de Unaí. Na residência, os militares encontraram maconha.

*​Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas