Lojas de shoppings e galerias irão reabrir nesta quarta em Betim (MG)

Só poderão reabrir estabelecimentos essenciais que estiverem incluídos na Onda Verde, do programa Minas Consciente, do Governo de Minas

Shoppings e galerias poderão reabrir em Betim (MG)

Shoppings e galerias poderão reabrir em Betim (MG)

A Prefeitura de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, anunciou que shoppings e galerias poderão voltar a funcionar na cidade a partir desta quarta-feira (29).

No entanto, segundo o Executivo municipal, apenas estabelecimentos incluídos na Onda Verde, do programa Minas Consciente, poderão reabrir nesses locais. A decisão foi anunciada pelo prefeito da cidade, Vittorio Medioli (Podemos).

A prefeitura informou que farmácias, óticas, bancos, lavanderias, lotéricas, atendimentos de saúde, vendas de alimentos, lojas de manutenção e de equipamentos de segurança do trabalho, material de construção, igrejas, restaurantes e bares, desde que bebidas alcoólicas não sejam comercializadas, poderão funcionar.

Os comércios devem seguir as normas do programa criado pelo Governo de Minas para guiar a flexibilização do isolamento social e a reabertura do comércio nas cidades mineiras durante a pandemia da covid-19.

Segundo o procurador geral de Betim, Bruno Cypriano, a cidade conseguiu a liberação de funcionamento dos estabelecimentos após uma consulta à AGE (Advocacia Geral do Estado). 

De acordo com o procurador geral, "as normaitivas do Estado não eram claras com relação ao funcionamento das atividades em centros de compras", o que levou o prefeito da cidade a realizar uma consulta ao Governo de Minas para saber o que poderia  ou não reabrir. 

A cidade de Betim aderiu ao programa Minas Consciente no último dia 14 após uma decisão da Justiça que determinou que todas as cidades que não aderiram ao programa só poderiam permitir o funcionamento dos serviços essenciais.

Segundo o último boletim divulgado pela SES (Secretaria Municipal de Saúde), Betim possui 2.294 casos de covid-19 e 83 mortes.

Minas consciente

O programa Minas Consciente foi criado pelo Governador de Minas, Romeu Zema (Novo), no dia 23 de abril. O plano setoriza as atividades econômicas em quatro “ondas”: verde, branca, amarela e vermelha, sendo a onda verde a mais restritiva e a onda vermelha a mais permissiva.

*Estagiário do R7 sob supervisão de Pablo Nascimento