Coronavírus

Minas Gerais Mais de 5.000 máscaras cirúrgicas são furtadas em hospital de MG

Mais de 5.000 máscaras cirúrgicas são furtadas em hospital de MG

Polícia procura pelos suspeitos do crime que aconteceu em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte; vídeo mostra possível autora

  • Minas Gerais | Gabriel Rodrigues, da Record TV Minas

Funcionários reclamaram sobre falta de máscaras

Funcionários reclamaram sobre falta de máscaras

Reprodução / Pixabay

Mais de 5.000 máscaras cirúrgicas foram furtadas do Hospital Regional de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O crime teria acontecido na última terça-feira (17), mas a unidade de saúde só tornou o caso público neste domingo (22).

Imagens de circuito de segurança mostram uma mulher, que seria a possível autora do crime, deixando o local carregando uma bolsa. As gravações foram entregues à polícia, que investiga o caso.

Antes do anúncio do furto, uma enfermeira do hospital fez vídeos denunciando a falta de máscara para os funcionários durante a pandemia de caronavírus. Segundo a unidade de saúde, a distribuição de equipamentos de segurança para os funcionários segue normalmente.

Últimas