Minas Gerais Manifestantes protegem comandante da PM em BH contra agressão

Manifestantes protegem comandante da PM em BH contra agressão

Grupo chegou a cercar policial, que foi protegida pelos próprios manifestantes

Manifestantes protegem comandante da PM em BH contra agressão

Record Minas

A coronel Cláudia Romualdo, comandante do policiamento de Belo Horizonte, foi "escoltada" por um grupo de manifestantes na avenida Antônio Carlos, na região da Pampulha, enquanto policiais militares lançavam bombas de gás lacrimogêneo contra jovens que protestavam em frente à área de exclusão reservada à Fifa no entorno do Mineirão. Cerca de 20 mil pessoas se mobilizaram na capital mineira nesta segunda-feira (17).

Leia mais notícias no R7 MG

A policial chegou a ser cercada, mas foi protegida por um grupo de jovens que percebeu que se tratava da comandante. Um militar do Exército a ajudou a se descolar da multidão.

Enquanto isso, a Tropa de Choque perseguia manifestantes que conseguiram furar o bloqueio da zona de exclusão, segundo relatos de internautas. Até um helicóptero da PM foi usado para disparar bombas no meio da multidão. Tiros de borracha foram disparados, mas ainda não confirmação de feridos. Nenhum equipamento público foi depredado, segundo a própria polícia.