Minas Gerais Marido mata mulher com enxada e inventa que vítima bateu cabeça em poste

Marido mata mulher com enxada e inventa que vítima bateu cabeça em poste

Militares encontraram arma usada no crime e desconfiaram da versão do suspeito

Marido mata mulher com enxada e inventa que vítima bateu cabeça em poste

Um homem de 53 anos foi preso no último domingo (25), no povoado de Cafelândia, em Itambacuri, no Vale do Mucuri, suspeito de matar a própria mulher com golpes de enxada e tijoladas. Conforme a Polícia Militar, o fato ocorreu na rua Manoel Francisco Pereira. Santa Catarino Ferreira chegou a inventar que a vítima, Sebastiana Teixeira de Abreu, havia batido a cabeça em um poste.

A PM foi acionada por uma vizinha que relatou ter visto uma mulher morta dentro de uma casa com lesões no rosto. A guarnição foi até o imóvel e conversou com Ferreira. O suspeito relatou que a vítima tinha chegado machucada em casa depois de ter batido a cabeça em um poste ao andar de motocicleta com um conhecido. Os militares, no entanto, descofiaram do relato, já que o homem não soube informar onde teria ocorrido o acidente.

Leia mais notícias no R7 MG

Além disso, a polícia notou que a casa tinha sido lavada e existiam ainda manchadas de sangue em vários locais. Uma enxada e um pedaço de tijolo foram encontrados nos fundos do imóvel, além de roupas sujas. Questionado, o companheiro de Sebastiana se recusou a responder. Por fim, a PM entrou em contato com o suposto motociclista, que alegou não ter encontrado a vítima naquele dia e negou a versão do suspeito sobre a batida.

Diante dos fatos, Ferreira foi detido em flagrante. Inicialmente, ele negou o crime, mas acabou confessando que matou a mulher. O motivo do homicídio não foi revelado.