Minas Gerais Médico é suspeito de retirar vesícula de paciente por engano

Médico é suspeito de retirar vesícula de paciente por engano

Produtor rural aguardava cirurgia para retirada de hérnia havia 11 anos; caso aconteceu em Pará de Minas, a 90 km de BH

  • Minas Gerais | Pollyana Sales e Túlio Melo da Record Tv Minas

Hospital de Pará de Minas afastou o médico

Hospital de Pará de Minas afastou o médico

Reprodução / Google Street View

Um médico é suspeito de retirar a vesícula de um paciente de 57 anos, por engano, durante uma cirurgia na cidade de Pará de Minas, a 80 km de Belo Horizonte.

O procedimento aconteceu no último dia 8 de fevereiro, após o produtor rural Assis Fernandes aguardar 11 anos para conseguir o tratamento para hérnia.

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso. O Hospital Nossa Senhora da Conceição, onde foi realizada a cirurgia, lamentou o ocorrido e informou que o médico foi afastado.

Fernandes registrou um boletim de ocorrência após o ocorrido. No documento, ele conta que recebeu alta no dia seguinte ao da cirurgia. Devido às fortes dores abdominais que estava sentindo, o homem procurou uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade, onde outra médica teria descoberto o erro.

De acordo com o relato, Assis foi encaminhado para o hospital onde tinha sido operado. No local, o profissional responsável pela cirurgia teria reafirmado que as dores eram normais. O erro do médico também foi confirmado por profissionais da Santa Casa de Misericórdia de Pitangui, local em que o produtor rural procurou novo atendimento.

Procurado, o Hospital Nossa Senhora da Conceição informou que prestou apoio ao paciente e que o caso é investigado pelo CRM-MG (Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais). O R7 aguarda retorno do conselho sobre o assunto. A reportagem tenta contato com o médico investigado.

Últimas