Eleições 2022

Minas Gerais Medioli deve anunciar desistência da candidatura ao Governo de MG

Medioli deve anunciar desistência da candidatura ao Governo de MG

Prefeito de Betim aparece em quarto lugar em pesquisa divulgada pela Record TV; prazo de desincompatibilização termina no sábado

  • Minas Gerais | Da Record TV Minas

Medioli é o atual prefeito de Betim

Medioli é o atual prefeito de Betim

Pablo Nascimento / R7 - 25.9.2019

O prefeito de Betim, Vittorio Medioli (sem partido), deve anunciar a desistência da corrida eleitoral ao Governo de Minas Gerais. O chefe do município da região metropolitana de Belo Horizonte apareceu em quarto lugar na pesquisa Big Data divulgada pela Record TV no dia 15 deste mês. 

Os políticos que pretendem concorrer a algum cargo público superior àquele que ocupam têm até sábado (2) para a desincompatibilização. Já o prazo para deputados federais, estaduais e distritais trocarem de partido para concorrer sem perder o mandato termina na sexta-feira (1º).

Com o limite, os bastidores da política mineira estão movimentados nesta semana. O ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) está em busca de um vice para compor a chapa, e o atual presidente da ALMG (Assembleia Legislativa de Minas Gerais), Agostinho Patrus (PV), é o favorito para assumir o cargo. O convite oficial teria sido apresentado ao deputado ontem, quarta-feira (30).

Kalil deixou a prefeitura da capital, na última sexta-feira (25), para concorrer ao governo estadual. Durante entrevista coletiva, o chefe do município falou sobre a candidatura. "Se digo até breve a Belo Horizonte, me dirijo ao meu estado. Sem promessas e sem mentiras, vamos levar esse foco humano de cuidar de gente", disse em seu pronunciamento.

Pesquisa 

Na pesquisa realizada pela Real Time Big Data, Romeu Zema (Novo) lidera as intenções de voto com quase o dobro do segundo colocado.

Na lista de candidatos citados aos eleitores, o atual governador aparece com 40% das intenções da pesquisa estimulada, enquanto Kalil tem 23%. Outros 16% não sabem ou não responderam, 12% votariam em branco ou nulo, 4% votariam em Carlos Viana (MDB) e 3% em Vittorio Medioli.

Últimas