Minas Gerais Menina com 90% do corpo queimado e mais 42 feridos estão internados

Menina com 90% do corpo queimado e mais 42 feridos estão internados

Vítimas de ataque em creche estão em hospitais de 3 cidades, diz Bombeiros

Bombeiros confirmam 43 feridos em ataque a creche de MG

Mauro Miranda

O Corpo de Bombeiros confirmou na manhã desta sexta-feira (6) que 43 pessoas, vítimas do ataque a creche em Janaúba, no norte de Minas Gerais, permanecem internados. Até o momento, há a confirmação oficial de sete pessoas mortas, sendo cinco crianças, uma professora e o suspeito pelo atentado.

Do total de feridos, 17 estão internados em Montes Claros, 13 em Belo Horizonte, e 13 em Janaúba.

Entre os casos de Montes Claros, uma menina de quatro anos teve 90% do corpo queimado e uma funcionária, de 23 anos, teve 80%. Outras 15 crianças, com idades entre um e seis anos, estão na unidade de saúde.

Na capital mineira, estão internados 11 alunos, de dois a cinco anos. Entre eles, um menino, de cinco anos, e uma menina, de quatro, tiveram 80% dos corpos queimados. Duas professoras, de 42 e 63 anos, foram transferidas na manhã de hoje para Belo Horizonte com parte dos corpos queimados.

Em Janaúba, estão internadas crianças com idades entre um e quatro anos que inalaram gases da combustão. Uma funcionária da creche, de 51 anos, chegou à unidade de saúde da cidade com 51% do corpo queimado.

Ataque

O vigia noturno Damião Soares Santos, de 50 anos, é o suspeito de ter ateado fogo na creche, no município de Janaúba, no norte de Minas Gerais, na manhã desta quinta-feira (5).

Santos morreu no início da tarde de ontem, no Hospital Regional da cidade, após também atear fogo no próprio corpo. A Polícia Civil de Minas Gerais afirmou que as investigações sobre o incêndio apuraram que ele “tinha problemas mentais e era obcecado por crianças”.

Mortes confirmadas:

Juan Pablo Cruz dos Santos, de quatro anos

Luiz Davi Carlos Rodrigues, de quatro anos

Ruan Miguel Soares Silva, de quatro anos

Ana Clara Ferreira Silva, de quatro anos

Renan Nicolas dos Santos Silva, de quatro anos

Heley de Abreu Batista, de 43 anos — professora

Damião Soares Santos, de 50 anos — suspeito do ataque

Feridos: 

17 internados em Montes Claros

13 internados em Belo Horizonte

13 internados em Janaúba

    Access log