Coronavírus

Minas Gerais MG: enfermeiras são suspeitas de vacinar namorados ilegalmente

MG: enfermeiras são suspeitas de vacinar namorados ilegalmente

Imunizados não estariam no grupo convocado para atendimento na cidade; servidoras trabalham na Policlínica de São José da Lapa

  • Minas Gerais | Vanda Sampaio, da Record TV Minas

Enfermeiras trabalham na Policlínica

Enfermeiras trabalham na Policlínica

Divulgação / Prefeitura de São José da Lapa

Duas enfermeiras são suspeitas de vacinar contra a covid-19, ilegamente, os respectivos namorado e marido, na cidade de São José da Lapa, na região metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com o prefeito Diego Alvaro dos Santos (Avante), as duas prestam depoimento à Polícia Civil, nesta sexta-feira (18).

Segundo a denúncia recebida pelo município, os companheiros das agentes de saúde teriam sido atendidos sem fazer parte do grupo convocado para vacinação, de acordo com o PNI (Plano Nacional de Imunização).

Ainda há a suspeita que as funcionárias, que não tiveram a identidade reveladas, estariam cobrando para vacinar outras pessoas que também ainda não estão na fila para receber o imunizante. As servidores trabalham na Policlínica da cidade. A reportagem tenta contato com as investigadas.

Últimas